George Weah é eleito presidente da Libéria

0
1039
 George Weah - Foto de FIFA
George Weah – Foto de FIFA

As eleições realizadas no dia 26 de dezembro indicaram George Weah como vencedor na disputa do segundo turno para a presidência da Libéria. O político do Congresso pela Mudança Democrática (CCD), recebeu 61,5% de votos, enquanto o atual vice-presidente Joseph Boakai, do Partido Unido, 38,7%.

Em 2005, Weah concorreu à presidência, sendo derrotado pela candidata Ellen Johnson-Sirleaf, que comandava a Libéria desde 2005. Ellen recebeu o prêmio Nobel da paz de 2011 com a compatriota Leymah Gbowee e a iemenita Tawakel Karman.

O novo presidente da nação africana foi considerado, no ano de 1995, o melhor jogador do mundo pela FIFA, e recebeu a “Bola de Ouro”, sendo o único africano a receber ambos os prêmios. Em 1996, ele pagou todas as despesas para que a seleção nacional disputasse a Copa das Nações Africanas daquele ano. Em 2001, assumiu o posto de treinador da seleção liberiana. Aposentado desde 2002, o ex-jogador de futebol também passou por clubes de Camarões, França, Itália, Inglaterra e Emirados Árabes.

*Com cerca de 4 milhões de habitantes, a Libéria faz fronteira com Serra Leoa, Guiné Conacri e Costa do Marfim. O país foi colonizado por escravos norte-americanos libertos com a ajuda de uma organização privada chamada American Colonization Society, entre 1821 e 1822, na premissa de que os ex-escravos americanos teriam maior liberdade e igualdade nesta nova nação. Monróvia, a capital do país, recebeu esse nome em homenagem a James Monroe, o quinto presidente dos Estados Unidos.