Atletas da Etiópia e do Quênia vencem a corrida de São Silvestre

0
486
Jemima Sumgong bateu o recorde da prova (foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press)

Neste sábado (31), os campeões da 92ª edição da corrida de São Silvestre foram Leul Aleme (Etiópia) e Jemima Sumgong (Quênia). Na competição masculina, Aleme completou a prova com 44 minutos e 53 segundos. Na versão feminina, o melhor tempo foi de Jemima, com 48 minutos e 35 segundos.

Leul Aleme cruzou a linha de chegada seguido de perto do concorrentes – Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Neste ano, a atleta de 36 anos venceu a Maratona de Londres e faturou o ouro na maratona feminina das Olimpíadas 2016. No pódio feminino também estavam a queniana Flomena Daniel, que terminou o percurso em 49min15s, a queniana Eunice Cehbicii (50min26s) e a etíope Ayalew (51min40s). Ao lado de Aleme, subiram no pódio masculino, Dawit Admasu (Etiópia) e Stephen Kosgei (Quênia).

Com informações da Wikipedia

A Corrida Internacional de São Silvestre é uma corrida de rua realizada anualmente na cidade de São Paulo, Brasil, no dia 31 de dezembro. A prova, a mais famosa e tradicional do Brasil e a da América do Sul, tem um percurso atual de 15 km pelo centro de São Paulo e é uma corrida mista desde 1975, quando começou a participação oficial das mulheres. Entre 1925, ano de sua criação e 1944, foi disputada apenas por brasileiros.