Rio de Janeiro: Universidade realizará curso ‘História e Cultura Bantu-Kongo’

0
530
King Dom Garcia of Kongo - Istorica Descrizione de' Tre Regni Congo, Matamba, et Angola (Milan, 1690) - Giovanni Antonio Cavazzi
King Dom Garcia of Kongo – Istorica Descrizione de’ Tre Regni Congo, Matamba, et Angola (Milan, 1690) – Giovanni Antonio Cavazzi

Em agosto, a Universidade Federal do Rio de Janeiro realizará o curso  ‘História e Cultura Bantu-Kongo’. O historiador angolano Patrício Batsîkama ministrará as aulas.

Programação:
1) Dia 13/08/2018: “Rituais Kôngo”
Na primeira aula, serão destacados: as origens dos Bantu, a fundação do reino do Kôngo,
a cosmogonia Kôngo e os rituais que acompanham o cidadão Kôngo.

2) Dia 14/08/2018: “Religião na concepção kôngo”
Na segunda aula serão destacados: o cristianismo romano, a religião kôngo antes do cristianismo, o messianismo na África Central.

3) Dia 15/08/2018: “Arte em Angola”
Como as manifestações artísticas interpretam a sociedade nos dias de hoje? Como um artista angolano de origem Kôngo se inspira da sua cultura Kôngo para reinventar uma “razão tolerante”: Etonismo.

4) Dia 16/08/2018: “Democracia no Kôngo e Poder Político Mbûndu”
Antes da chegada dos europeus em Angola, existiam fortes estruturas políticas e econômicas, daí a razão da UNESCO reconhecer Mbânz’a Kôngo como Patrimônio da Humanidade.

5) Dia 17/08/2018: “Filosofia Bantu: uma revisão necessária”.
Antes das independências da África, o padre Placide Tempels publicou um texto bom sobre aquilo que ele denominou Filosofia Bantu. A discussão é hoje quase esquecida, por isso essas aulas serão um rescaldo para olhar os problemas actuais de África com binóculos do desenvolvimento social (tendo a cultura como base).

Saiba mais sobre o tema: “O Kôngo vivia em democracia quando os portugueses chegaram no século XV”

Serviço: 
Dias 13 até 17/08
Horário: 18h às 21h
Valor: R$30,00
Endereço:

*Patrício Batsîkama é licenciado e mestre em história, com doutorado em antropologia política e um pós-doutorado em história e ciências políticas.