Marrocos: Festival valoriza músicos da África e do Oriente Médio

0
297
Visa for Music – Divulgação

Por dentro da África

Com o objetivo de estimular a interação entre os artistas da África e Oriente Médio, o festival Visa for Music reuniu mais de 40 músicos e bandas em Rabat, capital do Marrocos, na última semana.

Entre as propostas do festival que aconteceu entre os dias 16 e 19, estão: promover a música da África e do Oriente Médio, incentivar a mobilidade artística entre países africanos e do Oriente Médio, promover o desenvolvimento das indústrias culturais nacionais e fortalecer Norte-Sul e Sul-Sul no setor cultural.

Visa for Music – Divulgação

Artistas famosos em todo o mundo como Inna Modja (Mali),Ibaaku (Senegal), Sekouba Bambino (Guiné Conacri), Generation Taragalti (Marrocos), Bongeziwe Mabandla (África do Sul), Carlos Lopes (Cabo Verde), Africa United (Marrocos, RDC, Comores, Costa do Marfim) estiveram presentes. Nascida na Guiné-Bissau, Karyna Gomes foi uma das vozes que representou o país e a língua crioulo.

Veja mais: “Canto em crioulo porque há uma maneira de ser em nossa língua que o mundo precisa conhecer”, diz a cantora Karyna Gomes

Visa for Music – Divulgação

Além dos shows, o festival abriga uma grande feira (com oficinas, conferências) que serve como plataforma de intercâmbio para artistas independentes, produtores e emissoras, editores e distribuidores, diretores de arte, agentes, gestores, promotores, treinadores, prestadores de serviços.