Greve de fome em protesto por detenção arbitrária

Após 3 meses de detenção arbitrária vários dos jovens angolanos iniciaram uma greve de fome.

Petição pública pede liberdade para ativistas presos em Angola

Acusados de “alterarem a ordem pública do país”, 15 ativistas angolanos ainda permanecem presos desde o dia 20 de junho.

Detenção de 13 ativistas que se encontravam numa formação sobre “Lutas Não Violentas” sob orientação de Nuno Álvaro Dala e Domingos da Cruz. A Polícia Nacional emite um comunicado dando conta da detenção de jovens em flagrante delito suspeitos de alterarem a ordem pública.

 

O ativista e rapper Carbono Casimiro foi alvo de buscas e apreensões dos seus bens. O ativista do Movimento Revolucionário, Raul Mandela recebe uma visita de agentes dos Serviços de Investigação Criminal (SIC).

[bbp-single-topic id=20789]